20 de abr de 2011

Preso em Blumenau

Olá pessoal,

Meu escritório fica em frente a Rua das Missões em Blumenau. Esta rua fica numa região que hoje podemos considerar centro. O ruído e a velocidade tem aumentado drasticamente nos últimos anos.
Principalmente as motocicletas se destacam nesta triste realidade.
Como passo várias horas de frente para este barulho todo, percebo o nível de stress que o mesmo causa. Não se pode abrir a janela. Se abrir, não pode falar ao telefone. Se fechar tem que ligar o ar-condicionado. Conversar ou fazer uma reunião de trabalho com a janela aberta, nem pensar.

Ficamos reféns de uma nova modalidade: O barulho.

Se até então nos preocupávamos em fechar portas e janelas para evitar roubo, agora, temos que nos preocupar também com o ruído. Cada vez mais estamos enclausurados, presos, dentro da nossa própria casa ou escritório.

Observe que o ruído também causa um aumento no consumo de energia. Pois se temos que ligar o aparelho de ar-condicionado para poder fechar as janelas, aumentamos o gasto de energia elétrica.

Hoje se fala em veículos elétricos em função da redução de emissão de CO2. Ninguém destaca a redução do nível de ruído. Na minha opinião, este seria hoje um dos principais motivos pró carro elétrico. Reduziria o nervosismo no trânsito, o nervosismo das pessoas em torno do trânsito além de, como comentei acima, redução de energia de ar-condicionado, entre outros.

Imaginem a paz de poder abrir a janela e não ter que ouvir ruído de trânsito.
Pensem nisto.

grande abraço
Pimpão

12 de abr de 2011

Eletroposto em Blumenau











Olá pessoal,
Hoje estou inaugurando oficialmente o eletroposto junto ao meu escritório. Como estávamos fazendo uma reforma geral nas instalações, aproveitei e instalei uma tomada na parede frontal do prédio. Agora ficou mais fácil abastecer o Gurgel. Assim que chego ao serviço já posso dar uma carga, ganhando alguns quilômetros adicionais de autonomia. Espero que estes pontos de carga aumentem em número pela cidade e país.

5 de abr de 2011

Voltímetros de LEDs




Olá pessoal,
Já tinha visto uma montagem com voltímetros de LEDs em sites na Internet. Mostravam como montar um a partir de um CI. Procurando as peças para montar o mesmo, vi que acabaria ficando muito caro. Utilizando um voltímetro para cada bateria e colocando os mesmos lado a lado, os LEDs formariam um tipo de gráfico eletrônico das baterias. Muito legal mesmo. Desta forma enquanto você utiliza o carro vai acompanhando visualmente a voltagem das baterias. Ajuda a saber quando tirar o pé do acelerador e também verificar se uma das baterias já está descarregada ou com algum problema.
Então recebi um comentário no blog do Rafael Correia. Ele indicou um site onde se pode comprar um voltímetro de LEDs já pronto.
O site é o seguinte: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-166253728-voltimetro-medidor-de-bateria-veicular-deltrnica-vb9-9-leds-_JM
Comprei 10 voltímetros destes e juntei os mesmos lado a lado. Ficou fantástico. Dá toda a informação que você precisa para monitorar as baterias. De forma fácil e barata.
Obrigado ao Rafael. Foi de grande ajuda o comentário dele.
Recomendo a todos que usam baterias de chumbo.
Grande abraço
Carlos Pimpão

Baterias Optima

Olá Pessoal,

Depois de devolver a bateria Optima que apresentou problema, fiquei aguardando a substituição. Demorou algum tempo.
Neste meio tempo andei com apenas 9 baterias. As baterias estão se comportando bem. Bom desempenho. Andei aproximadamente 700 km com elas. Até então mostram carregar e descarregar por igual. Agora recentemente instalei a décima bateria que me foi entregue pelo revendedor. Segundo ele, a distribuidora não aceitou o retorno, alegando que a bateria estava boa. Ponto negativo na minha opinião. A bateria esquentou e apresentou descarga rápida. Mas, como o revendedor, a Baterblu, de Blumenau, foi honesto e arcou com a troca, tudo corre bem.
Agora instalei uma série de voltímetros analógicos por LEDs que me dão imediatamente o comportamente de cada bateria. Ficou muito prático. Descrevo a montagem e instalação no próximo post.
Até lá.